Ajoelhou, agora reze!

Veio aqui buscar não sei o que, não há nada de interessante aqui, só veio perder seu tempo, desligue o computador e vá ler um livro.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Meu pão de cada dia, um abrigo no Paraíso!

     Todos os dias quando acordo Deus tenta me matar, ignoro-o e dou risada. Com meu espírito aventureiro levo este cotidiano para o campo de batalha fazendo de minha vida uma guerra, todos os dias ao me deitar percebo que fui o vencedor.
     E que venha o fim da guerra, e que no fim eu descubra que tenho alma!

Nenhum comentário: